Pesquisar no Blog

Capitulo 7 - Hora de ir (Parte 2)

-Bob, quero que fique por que na vida existem altos e baixos mesmo, e quem sempre está aqui é você, quero que fique por que... bem... quero que fique por que eu...
- Você o que Bete? Me diz! É sua ultima chance.



-BOB! EU TE AMO!
  Sua expressão mudou, agora estava sério, e me olhava de um olho pro outro como se procurasse algum sinal de mentira, ou como se esperasse que eu sorrisse e dissesse "Ié ié!! Gluglu!! Pegadinha do malandro!",mas nada disso aconteceu.
-O que disse?- Sua voz saiu um tanto falha e baixa, como se sua garganta estivesse seca de nervosismo...
-Eu disse que te amo Bob, você é o meu príncipe ideal criado por mim, é tudo que sempre sonhei, sempre te amei, e nunca vou deixar de te amar!- Seu rosto encheu-se de luz, e foi tomado pelo sorriso mais lindo que já vina vida,cheio de amor e esperança, lágrimas não se contiveram e começaram a rolar pelo seu rosto, retribui com um sorriso igualmente aliviado por aquela revelação.
 Então aconteceu, ele me abraçou forte e logo depois nossos lábios se tocaram em nosso primeiro beijo.


 Corações batiam forte como se fossem um só, e pareciam querer sair do peito; um frio na barriga e um arrepio intenso... mil sensações desconhecidas aconteciam simultaneamente.
-Também te amo muito minha Bete... -disse Bob depois de nosso beijo- ...e prometo não deixa-la nunca mais.

5 comentários:

  1. Consegui ler tuuudo rsrs... Adoreeeeeei *-----*

    ResponderExcluir
  2. Acho que vai dar M, imagino o que os pais vão achar disso hahahaha

    ResponderExcluir
  3. aeuhauheuahe povo maldoso xD a menina só tem 13 anos gent u.u

    ResponderExcluir